Integrantes

COORDENADORA:

Luciane

Luciane de Paula (UNESP – Assis e Araraquara)

http://lattes.cnpq.br/8039551360391713

https://orcid.org/0000-0001-8760-8104

lucianedepaula1@gmail.com

Possui graduação em Letras (1997), pela UNESP – Araraquara, mestrado (2001) e doutorado (2007) em Linguística e Língua Portuguesa pela mesma universidade e pós-doutorado (2011) pela Université François Rabelais – Tours – France. Atualmente é professora do curso de Letras, Departamento de Linguística, da UNESP – Assis e do Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa da UNESP – Araraquara. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Análise Dialógica do Discurso e atua, principalmente, nos temas: Círculo de Bakhtin, filosofia da linguagem, análise do discurso, semiótica, canção e literatura. Atua como pesquisadora dos Grupos CASA e SLOVO, ambos da UNESP CAr; e coordena o GED, na UNESP – CAs

Pesquisa: Análise Dialógica de Discursos verbo-voco-visuais

Resumo: O Círculo de Bakhtin, como ficou conhecido, possui seus estudos voltados à dialogia, calcada na relação entre enunciados e sujeitos. O foco dos estudos do Círculo se volta ao enunciado verbal, como é cunhado explicitamente em muitas de suas obras. Todavia, diversos termos, considerados concepções teóricas voltadas à filosofia da linguagem bakhtiniana, advêm de outros campos e são abordados de maneira metaforizada pelos estudiosos da área, ainda que tais conceitos também possam ser tomados como pistas que abrem possibilidades de pesquisa teórico-analítica para universos musicais e imagéticos. A proposta deste projeto é refletir sobre a pertinência da Análise Dialógica do Discurso (ADD) como aporte teórico-analítico de enunciados verbo-voco-visuais. O objetivo é discutir a pertinência teórico-metodológica da abordagem bakhtiniana para análise de discursos estéticos constituídos por semioses sincréticas, verbais ou não-verbais. A justificativa se pauta na contribuição para os estudos da área, uma vez que a pesquisa enfocará como termos advindos de outros campos (como voz, entonação, polifonia, entre outros, por exemplo, típicos do universo musical) são tomados pelos componentes do Círculo como metáforas para o estudo da linguagem e, ao mesmo tempo, também abrem possibilidades de análises de enunciados musicais e visuais, ainda que o Círculo não tenha se voltado especificamente a tais materialidades discursivas. Acredita-se que os resultados contribuirão para uma abordagem contemporânea dos estudos bakhtinianos. Metodologicamente, este projeto pretende examinar, a partir da concepção dialógica – conceito filosófico nodal do Círculo, a partir de e com o qual as demais noções bakhtinianas se interrelacionam, são concebidas e trabalhadas – , a organização dos elementos verbais, vocais e visuais de enunciados de diversos gêneros estéticos (ainda que a ênfase seja dada à canção, esta pesquisa também pretende se voltar a outros gêneros, tais como literatura, música, videoclipe, teatro, cinema, artes plásticas, dança, propaganda, seriado, embalagens, novela, entre outros) e ainda voltar-se à produção, circulação e recepção dos enunciados no âmbito da esfera cultural. Partir-se-á de um estudo com base nos conceitos de enunciado, arquitetônica, sujeito, gênero e intergenericidade, esfera de atividade, estética, ética, cultura, signo ideológico, autoria, estilo, cronotopia e exotopia. A hipótese é a de que os estudos da linguagem desenvolvidos pelo Círculo possuem um método (o dialético-dialógico) pertinente para a realização de análises de enunciados verbivocovisuais, cada vez mais presentes na contemporaneidade, nas mais diferentes esferas.

PROFESSORES-PESQUISADORES:

Bénédicte Vauthier

Bénédicte Vauthier (Universidade de Berna – Suíça) 

Coordena o Departamento de Espanhol e Português da Universidade de Berna, na Suíça. Suas pesquisas se voltam aos estudos bakhtinianos e também à teoria e à crítica literária. Possui diversas publicações expressivas.

Dani

Daniela Nogueira de Moraes Garcia (Unesp-Assis)

http://lattes.cnpq.br/2256126955144413

https://orcid.org/0000-0003-2813-7538

dany@assis.unesp.br

Possui graduação em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1997), mestrado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2003) e doutorado em Estudos Linguísticos pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2010). É professora assistente da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Línguas Estrangeiras Modernas, atuando principalmente nos seguintes temas: teletandem, novas tecnologias, formação de professores, língua inglesa como língua estrangeira e ensino/ aprendizagem de LE.

Tihanov-Galin-Headshot-03.28.13

Galin Thianov (Queen Mary – University of London)

Possui graduação em English History and Theory of Culture – Sofia University (1988), mestrado em Hebdomadal Council Resolution – University of Oxford (1998), mestrado em Slavic Estudies – Sofia University (1990), doutorado em Transpersonal psychology program – Sofia University (1996) e doutorado em Theory of Culture – University of Oxford (1998). Atualmente é professor and chair of comparative literature – Queen Mary – University of London. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Cultural.

Grenissa Stafuzza
Grenissa Bonvino Stafuzza (UFG – Catalão)

http://lattes.cnpq.br/0086982782870395

https://orcid.org/0000-0002-9077-0652

grenissa@gmail.com

Possui graduação em Letras Português e Inglês (2002) e mestrado em Linguística (2005) pela Universidade Federal de Uberlândia. Possui doutorado em Linguística e Língua Portuguesa (2009) pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), Campus Araraquara. Realizou o estágio de doutorado PDEE, financiado pela CAPES, na Université Paris XII – Val-de-Marne, Paris, França (2007). É professora e pesquisadora da Universidade Federal de Goiás, Campus Catalão (2009), onde lidera o GEDIS – Grupo de Estudos Discursivos. É editora dos CADIS – Cadernos Discursivos (ISSN: 2317-1006 – online), a revista eletrônica do Grupo de Estudos Discursivos. Tem experiência na área da Educação, com ênfase em Linguística e Língua Portuguesa. Atua como pesquisadora no campo da análise do discurso nos seguintes temas: literatura, crítica literária universitária, discurso crítico, discurso institucional.

Pesquisa: Efeitos de sentido no discurso acadêmico institucional.

Resumo: Os efeitos de sentido dizem respeito aos diferentes elementos históricos, sociais e linguísticos que perpassam as enunciações produzidas em todo e qualquer discurso. No discurso institucional acadêmico, esses sentidos configuram-se em vozes sociais traduzidas pela consciência valorativa dos grupos de professores e pesquisadores da instituição, revelando suas escolhas e trajetórias teóricas, que refletem seus posicionamentos teóricos e institucionais. Sob essa perspectiva, o mote da pesquisa sugere a discussão sobre o processo de formação de professores, com o objetivo de analisar, tomando como corpus documentos institucionais – Projeto Pedagógico Curricular (PPC), fichas de disciplinas, planos de cursos, linhas de pesquisa, natureza teórica das publicações científicas em periódicos especializados etc. – os efeitos de sentido que perpassam (constituem) o discurso acadêmico institucional. Em relação às escolhas teóricas, a ideia inicial é fomentar uma discussão no que diz respeito às diversas áreas do conhecimento que fundamentam os documentos oficiais institucionais que, por sua vez, orientam as práticas pedagógica, epistemológica e institucional de um curso de Letras (Licenciatura). A determinação da grade curricular, por exemplo, individualiza o discurso acadêmico vinculando-o à historicidade da instituição. Assim, o discurso acadêmico torna-se institucional a partir de sua constituição enunciativa, ou seja, cada instituição, segundo sua natureza sócio-histórica, estabelece uma relação com o discurso acadêmico que se instaura enquanto representação nas práticas acadêmico-institucionais, sendo que os documentos institucionais fundamentam e orientam essa prática (Pesquisa financiada pela FAPEG).

Marco Antonio Villarta Neder

Marco Antonio Villarta Neder (UFLA)

http://lattes.cnpq.br/9176879168740586

https://orcid.org/0000-0003-3857-3720

villarta.marco@ufla.br

Professor Adjunto do Departamento de Ciências Humanas. Exerce a função de Pró-Reitor Adjunto de Graduação e Superintende de Ensino. Foi Coordenador do Curso de Letras na modalidade a distância na Universidade Federal de Lavras e na modalidade presencial na Ufla e em outras instituições públicas e particulares.. Atua na Graduação, principalmente no Curso de Letras, seja na modalidade presencial, seja na Educação a Distância. Atua na Pós-Graduação Stricto Sensu, no Programa de Pós Graduação em Administração com a disciplina de Análise do Discurso. Licenciado em Letras (Universidade de Taubaté,1986), mestrado em Lingüística Aplicada (ensino-aprendizagem de língua materna – Unicamp, 1995) e doutorado em Letras (Linguística e Língua Portuguesa – Unesp-Araraquara, 2002). Tem publicações e experiência em projetos na área de Letras, com ênfase em Lingüística, atuando principalmente nos seguintes temas: discurso, lingüística, leitura, produção escrita e formação de professores. Membro dos Grupos de Pesquisa: GAMPLE – Grupo Acadêmico Multidisciplinar: Pesquisa, Linguística e Ensino (Unesp – São José do Rio Preto); GEPPEP (Grupo de Estudos e Pesquisas Produção Escrita e Psicanálise – USP); LEP (Laboratório de Estudos Polifônicos – Universidade Federal de Uberlândia); Estudos de História do Pensamento: Ética, Lógica e Ontologia – Universidade Federal de Lavras – UFLA). Participação em Projetos de Extensão e de Cooperação Internacional .É avaliador do Inep para os Cursos de Graduação na área de Letras.

Pesquisa: Letramento Digital: Diagnóstico Sobre O Uso De Tecnologias Da Informação E Da Comunicação No Ensino Da Leitura Em Escolas Públicas Do Município De Lavras

Resumo: Há atualmente uma inter-relação grande entre suportes, meios e processos de leitura, nos quais as Tecnologias da Infomação e comunicação (TICs) constituem fator decisivo. A familiaridade com essas tecnologias e suportes são fundamentais para o letramento digital. Como as escolas têm papel decisivo na ampliação desse letramento, propõe-se diagnosticar em qual medida ocorre o uso dessas tecnologias em escolas públicas do município de Lavras/MG (Pesquisa financiada pela FAPEMIG).

Rosineide de Melo 

http://lattes.cnpq.br/3610089279103959

https://orcid.org/0000-0001-9839-1393

rosi.melo.prof@gmail.com

Pós-doutorado em Linguística Aplicada pelo Instituto de Estudos da Linguagem – IEL, da Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP (2014). Doutorado (2006) e Mestrado (2001) em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem – LAEL, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUCSP. Licenciatura Plena em Letras Português/Inglês pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, da Fundação Santo André (1989). Experiência docente em graduação e pós-graduação, ministrando disciplinas de Linguística, Língua Portuguesa e Comunicação. Professora do Centro Universitário Fundação Santo André. Desenvolve pesquisa na área de Linguística Aplicada, enfocando teoria/análise dialógica do discurso, com temas relacionados a linguagens, gêneros do discurso, arquitetônica e multiletramentos.

Pesquisa: Materiais didáticos digitais à luz das teorias bakhtinianas e da pedagogia dos multietramentos.

Resumo: É notório que o perfil do alunado brasileiro tem mudado muito e rapidamente nos últimos anos e por vários motivos distintos e simultâneos. No contexto dos sujeitos sociais da esfera escolar – especificamente, alunos e professores –, insere-se a diversidade – em todos os sentidos – constitutiva do mundo moderno, em especial, das linguagens, suas modalidades, formas e meios. Em especial, as novas tecnologias impõem formas novas de interação e provocam mudanças de posturas, de visões de mundo, colocam em contato – em tempo real – acontecimentos, eventos, culturas das mais diversas e possibilitam perspectivas de inúmeras naturezas impensáveis anos atrás. Essa pluralidade impacta diretamente a prática docente e, consequentemente, impõe novos desafios aos professores e pesquisadores. Estudos recentes como os de Rojo (2013) e Araújo (no prelo) confirmam a carência de materiais [digitais] de aprendizagem e/ou de protótipos didáticos protótipos didáticos que privilegiem esse novo contexto impregnado de novas linguagens. Dando continuidade às pesquisas iniciadas durante nosso estágio de pós-doutoramento, objetivamos elaborar materiais e objetos de aprendizagem, inseridos ou não em protótipos didáticos, engajados com os princípios discursivos de orientação bakhtiniana, em especial com as concepções de arquitetônica e de gêneros do discurso, e articulados à pedagogia dos multiletramentos, em diálogos com outros saberes e outras áreas do conhecimento. Nossa proposta pretende contribuir também para as reflexões em torno das práticas docentes e subsidiar planejamento de atividades didáticas interativas, com estímulos à leitura multissemiótica e à produção colaborativa e de textos híbridos no conteúdo e na forma, refratando e refletindo as multiculturas.

Cezinaldo

José Cezinaldo Rocha Bessa

http://lattes.cnpq.br/4441063127606204

https://orcid.org/0000-0003-4655-6832

cezinaldobessauern@gmail.com

Possui graduação em Letras/Língua Portuguesa e respectivas literaturas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2005), mestrado em Estudos da Linguagem, na área de concentração em Linguística Aplicada, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2007), e doutorado em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus de Araraquara, com período de estágio de doutorado no exterior na Université de Paris VIII (bolsa PDSE/CAPES). Atualmente é Professor Adjunto IV da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, no Campus de Pau dos Ferros, onde atua nos cursos de graduação em Letras e na pós-graduação. É docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino (PPGE/UERN), Mestrado Acadêmico, e docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Letras da UERN (PPGL), Mestrado Acadêmico e doutorado. Como função administrativa, desempenha, em sua segunda gestão, a função de coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ensino. É editor-chefe da revista Diálogo das Letras e membro do Conselho Editorial das Edições UERN. É líder do Grupo de Estudos em Interação, Texto e Discurso do Alto Oeste Potiguar – GITED e membro do Grupo de Pesquisa em Produção e Ensino do Texto (GPET) e do Grupo Slovo/UNESP. Concentra interesse pelos estudos na área de Letras, com ênfase em Linguística, Linguística Aplicada e Língua Portuguesa, dedicando-se especialmente a estudos informados pelas seguintes temáticas: gêneros do discurso, produção textual, leitura e escrita, ensino de língua materna, dialogismo, discurso citado, voz autoral, plágio, escrita e comunicação científica.

Radames

José Radamés Benevides de Melo 

http://lattes.cnpq.br/1814102144975748

https://orcid.org/0000-0002-3263-4548

radamesbenevides@hotmail.com

Doutor em Linguística e Língua Portuguesa pela UNESP-Araraquara, possui especialização em Estudos Comparados em Literaturas de Língua Portuguesa (2008) e graduação em Letras Inglês/Português (2007) pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC-Ilhéus/Bahia). Foi professor de Língua Portuguesa, Literatura e Produção Textual das redes particular e pública das cidades de Ilhéus e Itabuna durante oito anos. Tem desenvolvido seus trabalhos em torno de temas que envolvem filosofia da linguagem, estudos bakhtinianos, alusão, análise do discurso, heterogeneidade enunciativa, intertextualidade e leitura. Atualmente, é professor de Língua Portuguesa do ensino básico, técnico e tecnológico do Instituto Federal Baiano (IF Baiano), Câmpus Senhor do Bonfim. Membro do Grupo de Estudos Discursivos – GED, da Faculdade de Ciências e Letras de Assis (UNESP), grupo de pesquisa liderado pela professora Luciane de Paula; do Grupo de Estudos do Discurso – SLOVO, da Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, liderado pelas professoras Renata Marchezan e Marina Célia Mendonça; e do Grupo de Estudos dos Gêneros do Discurso (GEGe-UFSCar), liderado pelo professor Valdemir Miotello.

ALUNOS-PESQUISADORES

Ana B

Ana Beatriz Maia Barissa

http://lattes.cnpq.br/2348908556314422

https://orcid.org/0000-0003-0229-0892

anabeatrizbarissa@gmail.com

Doutoranda em Linguística e Língua Portuguesa pelo programa de Pós-Graduação de Linguística e Língua Portuguesa da UNESP/Araraquara e Mestre (2019) pelo mesmo Programa e Instituição. Graduada (2017) em Letras com habilitação Português/Japonês pela Universidade Estadual Paulista – Faculdade de Ciências e Letras/Assis (UNESP/FCL-Assis) e faz parte do Grupo de Estudos Discursivos – GED, coordenado pela professora Luciane de Paula. Durante a graduação, desenvolveu pesquisa em Iniciação Científica financiada pela PIBIC/CNPq na área de Análise do Discurso intitulada “Contos de uma fada: A Malévola da história”, com renovação da bolsa, de título “Contos de uma bruxa: A construção da vilania em Malévola”. desenvolveu uma pesquisa de Mestrado, “Por e para fãs: Uma análise dialógica de Severus Snape em um enunciado transmidiático”, cujo foco se volta para a construção de um personagem literário em uma obra transmidiática. A ênfase do trabalho está na circulação e recepção da saga Harry Potter e resultam em produções autorais dos fãs. No Doutorado, a pesquisa é voltada a para a discussão de maternidade e amor materno a partir da imagem da personagem Regina Mills (Rainha Má), da série estadunidense “Once Upon a Time”, a partir da perspectiva bakhtiniana de linguagem.

Anna C S

Ana Carolina Siani Lopes

http://lattes.cnpq.br/2129371738427093

https://orcid.org/0000-0002-5379-9982

anasiani@outlook.com

Bacharela em Linguística pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Possui mestrado em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística (PPGL/UFSCar), com pesquisa situada na área de estudos bakhtinianos do discurso e financiada pela CAPES, período  em que integrou o Grupo de Estudos dos Gêneros do Discurso (GEGe /UFSCar). É doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa (PPGLLP/UNESP Araraquara) e integra o Grupo de Estudos Discursivos (GED/UNESP). Atualmente é bolsista CAPES/FAPESP (Processo nº 2017/27061-0) e a partir dos estudos do Círculo de Bakhtin, desenvolve o projeto de pesquisa “Raça, gênero e classe na obra ‘Harry Potter’: uma análise dialógica do discurso” sob a orientação da Profa. Dra. Luciane de Paula.

Barbara

Bárbara Luqueti Tavares

http://lattes.cnpq.br/2561159529541492

https://orcid.org/0000-0001-5772-7671

barbara.l.tavares@unesp.br

Graduanda do 2º ano de Letras com habilitação em Português/ Inglês pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (FCL/ UNESP Assis) e integrante do GED – Grupo de Estudos Discursivos. Desenvolvendo projeto de pesquisa em iniciação científica na área de Linguística – Análise Diálogica do Discurso com o apoio da Bolsa PIBIC/CNPq a título do projeto: As Sombras da Noite: o diálogo carnavalizado do vampiro-zumbi, sob orientação da Professora Luciane de Paula.

Carolina

Carolina Gomes Sant’ana

http://lattes.cnpq.br/1335893792519733

https://orcid.org/0000-0002-0121-556X

carolgs03@gmail.com

Atualmente é mestranda no Programa de Linguística e Língua Portuguesa pela Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara (FCLAr/UNESP) e desenvolve pesquisa na área da análise do discurso sob orientação da Profa. Dra. Luciane de Paula. Graduada em Letras com habilitação em Português/ Alemão pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, UNESP, Campus de Assis (FCL/UNESP Assis). Participante do Grupo de Estudos Linguísticos (GED).

Fabio

Fábio Augusto Alves de Oliveira

http://lattes.cnpq.br/3528212443891721

https://orcid.org/0000-0001-9101-4982

fabio.augusto357@live.com

Graduando em Letras na Universidade Estadual Paulista (UNESP/FCL/Assis), aluno de Mestrado em Linguística e Língua Portuguesa (PPGLLP/UNESP/FCL/Araraquara) e integrante do Grupo de Estudos Discursivos (GED-CNPq/UNESP/FCL/Assis). Desenvolveu pesquisa em nível de IC, com apoio CNPq (2018-2020)/FAPESP (2020-2021), na área de filosofia da linguagem e análise do discurso, a partir dos estudos do Círculo de Bakhtin.

Giovana

Giovana Cristina de Moura

http://lattes.cnpq.br/1236890561871634

https://orcid.org/0000-0001-5968-2315

giovana_lutecia@hotmail.com

Mestranda pelo programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Faculdade de Ciências e Letras, campus de Araraquara – SP (FCLar) e graduada pela UNESP FCL/Assis em Português e Francês e suas respectivas literaturas. Atualmente, desenvolve a pesquisa intitulada de “Diálogo entre a Brigada Inquisitorial e a Armada de Dumbledore: o papel de Dolores Umbridge e Hermione Granger”, apoiada pelo CNPq. Durante a graduação, desenvolveu pesquisa em nível de iniciação científica intitulada de “Mulheres-princesas Disney:uma análise dialógica de Mulan (1998) e Valente (2012)”, financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Faz parte do GED (Grupo de Estudos Discursivos). Sua área de atuação se concentra na Filosofia da Linguagem proposta pelo Círculo de Bakhtin.

Leonardo

Leonardo de Oliveira

http://lattes.cnpq.br/8707363496089297

https://orcid.org/0000-0001-8361-0469

loliveira10091@gmail.com

Licenciado em Letras Português/Inglês e suas Literaturas pela UFLA – Universidade Federal de Lavras e Mestre em Letras pela mesma universidade, tem Interesse em Estudos Bakhtinianos/Análise dialógica do discurso. É membro do GEDISC – Grupo de Estudos Discursivos Sobre o Círculo de Bakhtin, coordenado pelo Professor Dr. Marco Antônio Villarta-Neder. Atualmente cursa doutorado no Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa (PPGLLP/UNESP Araraquara) e também integra o GED/UNESP – Grupo de Estudos Discursivos, sob a coordenação da Profa. Dra. Luciane de Paula. Sua proposta de pesquisa para o doutorado é intitulada “Tons emotivo-volitivos e verbivocovisualidade: as nuances entonacionais nas múltiplas semioses expressas em filmes publicitários sobre preservação ambiental”, pesquisa também orientada pela Profa. Dra. Luciane de Paula.

Kamilat

Kamilat Ariele Souza Akinlotan

http://lattes.cnpq.br/7023890359980852

https://orcid.org/0000-0003-0112-5094?lang=pt

kamilat.akinlotan@unesp.br

Graduanda em Letras Português/Inglês pela Unesp – Universidade Estadual Paulista ‘Júlio de Mesquita Filho’, campus de Assis.Já desenvolveu iniciação científica(ICSB) na área de Letras Modernas ênfase em ensino e aprendizagem de Línguas Estrangeiras intitulado “Mapeando o Teletandem: pensando na telecolaboração após uma década de ações” sob a orientação da Prof.Dra. Daniela Nogueira de Moraes Garcia. Atualmente integrante do GED – Grupo de Estudos Discursivos coordenado pela Prof. Dra.Luciane de Paula. Área de Interesse e atuação voltado aos Estudos Bakhtinianos/Análise dialógica do discurso.

Toninho

José Antonio Rodrigues Luciano

http://lattes.cnpq.br/4301370177650518

https://orcid.org/0000-0003-1748-8279

trodrigues01.tr@gmail.com

Aluno de pós-graduação (Doutorado) no Programa de Linguística e Língua Portuguesa pela Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara (FCLAr/UNESP) e integrante do Grupo de Estudos Discursivos – GED, na função de pesquisador e tesoureiro. Atualmente, desenvolve pesquisa intitulada “A verbivocovisualidade em ato: aspectos teórico-metodológicos da filosofia da linguagem bakhtiniana”. Mestre em Linguística e Língua Portuguesa pela mesma universidade e graduado em Letras Português/Francês e suas respectivas Literaturas pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), campus Faculdade de Ciências e Letras de Assis, onde também desenvolveu pesquisa de Iniciação Científica (IC), com apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa da UNESP e do CNPq, sobre “Verbivocovisualidade: a concepção linguagem na filosofia bakhtiniana”, que se integra ao projeto Análise Dialógica de Discursos verbovocovisuais, da orientação da Profª Dra. Luciane de Paula. Sob mesma orientação e apoio, também desenvolveu projeto de pesquisa intitulado “Verbivocalidade: concepção musicais na teoria do Círculo de Bakhtin”. Atuou como professor-voluntário de francês no programa Universidade Aberta para Terceira Idade (UNATI) no ano de 2017, como professor convidado no Centro de Línguas e Desenvolvimento de Professores – CLDP e tem experiência de intercâmbio nos Estados Unidos.

Marana Luísa Tregues Diniz

http://lattes.cnpq.br/4869226217010745

https://orcid.org/0000-0002-7670-0850

marana.tregues@unesp.br

Graduanda em Letras com habilitação em Português/Inglês pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (FCL/ UNESP Assis) e integrante do GED – Grupo de Estudos Discursivos. Atualmente, desenvolve projeto de pesquisa em iniciação científica na área de Linguística – Análise Dialógica do Discurso com o tema “Análise sígnica da masculinidade em Johnny Bravo e Bolsonaro”, orientada pela Professora Luciane de Paula.

Natasha

Natasha Ribeiro de Oliveira

http://lattes.cnpq.br/8039551360391713

https://orcid.org/0000-0001-8760-8104

nariiibeiro@gmail.com

Aluna de doutorado do Programa de Linguística e Língua Portuguesa pela Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara (FCLAr/UNESP) e integrante do GED – Grupo de Estudos Discursivos, como pesquisadora e secretária. Desenvolve pesquisa sob a temática da filosofia da linguagem, com o apoio da CAPES, intitulada “Arte, mídia e política: uma análise bakhtiniana de “bolsominions” e “petralhas”. Mestre em Linguística e Língua Portuguesa pela FCLAr/UNESP, com a dissertação intitulada “A febre amarela ‘minions’: uma análise bakhtiniana”, desenvolvida com apoio da FAPESP/CAPES, na área da filosofia da linguagem do Círculo de Bakhtin. Graduada em Letras com habilitação Português/Francês pela Faculdade de Ciências e Letras de Assis (FCLAs/UNESP). Desenvolveu três pesquisas em nível de Iniciação Científica na área da filosofia da linguagem, intituladas “A ambivalência humana refletida e refratada em Tim Burton: o ‘estranho’ Jack”, com apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa da UNESP, “Contos de uma bruxa: a construção da vilania em Malévola”, com o apoio do CNPq e “O ‘estranho’ mundo de Tim Burton: uma análise dialógica de animações”, com o apoio da FAPESP, todas sob a orientação da Profa. Dra. Luciane de Paula.

Rafaela

Rafaela dos Santos Batista

http://lattes.cnpq.br/7846733416186602

https://orcid.org/0000-0003-0406-2228

rafaela.batista@unesp.br

Graduanda em Letras com habilitação em Português/ Inglês pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (FCL/ UNESP Assis) e integrante do GED – Grupo de Estudos Discursivos. Desenvolveu pesquisa em nível de Iniciação Científica na área de Análise Dialógica do Discurso, com apoio do CNPq no projeto intitulado “Mulheres contemporâneas: The Handmaid’s Tale real?”. Atualmente desenvolve, com apoio da Pró-Reitoria de Pesquisa da UNESP, o projeto “O conto da aia: vozes sociais em embate discursivo” sob a mesma perspectiva.

Rafael

Rafael Junior de Oliveira

http://lattes.cnpq.br/6684479022876593

https://orcid.org/0000-0002-1353-1172

rafael.j.oliveira@unesp.br

Graduado em Letras – Licenciatura Português/Inglês e suas Literaturas – pela Universidade Federal de Lavras (UFLA – 2017) e membro do grupo de pesquisa GEDISC (Grupo de Estudos Discursivos sobre o Círculo de Bakhtin). Mestre em Letras: Teoria Literária e Crítica da Cultura pela Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ), na linha de Discurso e Representação social. O objeto da dissertação foram as fakes news enunciadas por candidatos à presidencial do Brasil em 2018. Atualmente, desenvolve projeto no doutorado em Linguística e Língua Portuguesa na UNESP, investigando a verbivocovisualidade nas produções de discursos oficiais. No campo do discurso, atua primordialmente com a filosofia da linguagem de vertente bakhtiniana. Áreas de interesse: verbivocovisualidade, cinema, portais educacionais, política, redes sociais entre outros.

Tati

Tatiele Silva

http://lattes.cnpq.br/2969461756744224

https://orcid.org/0000-0002-8115-0339

tatiele_ns@hotmail.com

Graduada em Letras (Português/Inglês) pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”- (UNESP) Câmpus Assis. Mestre pelo programa de Linguística e Língua Portuguesa da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”- (UNESP) Câmpus Araraquara. Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa da Universidade Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP Araraquara). É integrante do grupo GED – Grupo de Estudos Discursivos.

Vanessa

Vanessa Pompone da Silva

Lattes: http://lattes.cnpq.br/0035685664311417

ORCID: https://orcid.org/0000-0002-1871-2343

vanessa.pompone@unesp.br

Graduanda em Letras com habilitação Português/Inglês pela Faculdade de Ciências e Letras de Assis (FCLAs/UNESP), integra o GED – Grupo de Estudos Discursivos e contribui nas atualizações do blog, sob a orientação da Profa. Dra. Luciane de Paula. Atualmente colaboradora do projeto PIBID – Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – Plataforma Capes de Educação Básica 2020/2021, orientada pelo Profº. Drº. Matheus Nogueira Schwartzmann com ênfase em Letras/Português, buscando discutir as concepções de texto, leitura, língua e linguagem, no processo de iniciação à docência em Língua Portuguesa, buscando aproximar o ensino superior da educação básica, na articulação entre pesquisa e ensino. Tendo como ponto de partida uma reflexão teórica sobre texto, leitura, língua e linguagem, alicerçada nos pressupostos da semiótica de linha francesa, e norteado pelas Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos Letras e pelo PPP – Projeto Político-Pedagógico do Curso de Letras da Unesp de Assis.

ALUNOS EGRESSOS

10418170_10201026776951423_4328665021132551237_n

Alexis Henrique Albuquerque Matarazzo 

http://lattes.cnpq.br/3317649969518997

alexis_matarazzo@hotmail.com

Graduando em Letras pela UNESP/FCLAs, optou pela habilitação em Língua Espanhola. Atualmente é bolsista de Iniciação Tecnológica do CNPq com o projeto intitulado Interações Humanas na era tecnológica: a construção do conhecimento em rede, em que atua como desenvolvedor do site do GED (Grupo de Estudos Discursivos). Possui experiência em edição, revisão e tradução (Português/Espanhol) de textos. Suas áreas de trabalho são: Ensino de língua e literatura espanhola, língua e literatura vernácula, análise dialógica do discurso, filosofia da linguagem e teorias da informática.

1309a5_c502d860bb6f499492febff67efbac21

Bárbara Melissa Santana 

http://lattes.cnpq.br/7219236952081667

https://orcid.org/0000-0002-9673-7642

barbaramelissasantana@gmail.com

Bárbara Melissa Santana é Professora de Língua Portuguesa – PEB II no município de Dois Córregos e Doutoranda em Linguística e Língua Portuguesa no Programa de Pós Graduação em Linguística e Língua Portuguesa da UNESP- FCLAr, sob a orientação da Profa. Dra. Luciane de Paula, com período de estágio doutoral na Queen Mary University of London, sob a coorientação do Prof. Dr. Galin Tihanov (2018- 2019), é Mestra em Linguística e Língua Portuguesa (2017) e Licenciada em Letras – Português e Francês (2015) pela UNESP – FCL Assis. Anteriormente, atuou como professora bolsista do curso de Relações Públicas (2018), vinculada ao Departamento de Ciências Humanas da UNESP- Bauru, além de ser membro do GED- Grupo de Estudos Discursivos (2011 – atual). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Análise Dialógica do Discurso e trabalha com Círculo de Bakhtin e Filosofia de linguagem.

Clara

Clara Moreira Molinari

http://lattes.cnpq.br/6811346070923925

https://orcid.org/0000-0002-0851-4511

clara_mmolinari@hotmail.com

Mestranda do programa de pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa da UNESP/ FCL-Ar. Integra o GED – Grupo de Estudos Discursivos e desenvolve pesquisa na área da Análise do Discurso, sob a orientação da Profa. Dra. Luciane de Paula. Atualmente, é bolsista do programa de facilitadores da UNIVESP.

1309a5_116358144556460d898c3525f852fac8

Debora Mariano de Godoy Preto 

http://lattes.cnpq.br/9575872147328406

deeboramariano@gmail.com

Graduanda em Letras com habilitação Português/Inglês pela Universidade Estadual Paulista, campus de Assis (FCL/UNESP Assis) e integrante do GED – Grupo de Estudos Discursivos, coordenado pela Luciane de Paula. Atualmente, desenvolve pesquisa em nível de Iniciação Científica na área da análise do discurso, intitulada “Análise do Discurso Pró Ana: beleza e não saúde – questões de poder.”

Douglas

Douglas Néris de Souza

http://lattes.cnpq.br/0707669196961593

https://orcid.org/0000-0003-1122-5136

douglasns18@gmail.com

Mestrando do programa Mestrado Profissional em Letras – PROFLETRAS, pela UNESP/ FCL-Assis e bolsista Capes. Professor de língua portuguesa da rede municipal de Capivari e professor de língua espanhola da rede municipal de Campinas. Integrante do GED – Grupo de Estudos Discursivos, desenvolvendo pesquisa na área de Análise do Discurso e Ensino de Língua Portuguesa, sob a orientação da Profa. Dra. Luciane de Paula.

Jessica

Jéssica de Castro Gonçalves 

http://lattes.cnpq.br/8938635558044178

https://orcid.org/0000-0002-6281-6764

jesqueline@ig.com.br

Graduada em Letras, Habilitação Português/Alemão pela Faculdade de Ciências e Letras de Assis – UNESP e Mestre em Linguística e Língua Portuguesa pela Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara. Mestre e Doutora pelo programa de Pós-Graduação Stricto-Sensu em Linguística e Língua Portuguesa na FCLAr- UNESP. Desenvolve pesquisas na área de gêneros do discurso, na perspectiva bakhtiniana, e participa como integrante dos grupos de pesquisa GED (UNESP – Assis) e SLOVO (UNESP – Araraquara). Atua como docente nas faculdade FACCAT e FADAP/FAP.

1309a5_fe8935b87f6847cdbfa4ffa980aaaf23

Jonathan Eliã de Almeida Nunes 

http://lattes.cnpq.br/6326467514255093

https://orcid.org/0000-0003-1787-2131

carioca.nunes@hotmail.com

Graduado em Letras com habilitação Português/Inglês pela Faculdade de Ciências e Letras de Assis (FCLAs/UNESP) e integrante do GED – Grupo de Estudos Discursivos, coordenado por Luciane de Paula. Desenvolveu uma pesquisa orientada pela Prof. Dra. Luciane de Paula intitulada: “A constituição dialógica de Frankenstein de Penny Dreadful: ressignificações da ambivalência humana em Penny Dreadful”, financiada pela FAPESP (n° 2017/27202-3), a qual se fundamenta na área da Filosofia da Linguagem e Análise do Discurso, sob a perspectiva do Círculo de Bakhtin, Medvedév e Voloshinov. Foi professor de língua inglesa no programa UNATI – Universidade Aberta à Terceira Idade e também foi professor no programa institucional CLDP – Centro de Línguas e Desenvolvimento de Professores como professor de língua inglesa no nível básico I e Intermediário I.

Kelly

Josiani Kely Milesk

http://lattes.cnpq.br/7755880280401658

https://orcid.org/0000-0003-3460-3662

kellynhamileski@gmail.com

Mestranda pelo Programa de Mestrado Profissional em Letras– PROFLETRAS –. vinculado à Unesp/FCL-Assis. Desenvolve pesquisa na área de linguagens e multiletramentos, voltada ao ensino educacional, sob a orientação da Profa. Dra. Luciane de Paula. Integrante do GED – Grupo de Estudos Discursivos– , e professora titular de cargo em Língua Portuguesa na Secretaria da Educacão do Estado de São Paulo – Diretoria de Ensino de Marília.

Laura

Laura Pereira Teixeira

http://lattes.cnpq.br/8534876457884221

https://orcid.org/0000-0001-9464-7849

laura.pteixeira@outlook.com

Mestre em Linguística e Língua Portuguesa pela UNESP Araraquara, com pesquisa financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq. Possui graduação em Letras – Português/Inglês e Respectivas Literaturas (Licenciatura), pelo Uni-FACEF Centro Universitário Municipal de Franca. Desenvolveu pesquisas de Iniciação Científica com o apoio da FAPEMIG, entre 2015/2016, e com o apoio do CNPq, entre 2017/2018. Suas pesquisas possuem ênfase na Análise Dialógica do Discurso. É integrante do grupo GED – Grupo de Estudos Discursivos.

Lidiane

Lidiane Viana

http://lattes.cnpq.br/1993753411130269

lidivianamel@gmail.com

Possui graduação em Ciências Sociais (2005), pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP/Marília, Letras (2011), pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP/Assis e Pedagogia (2020), pelo Centro Universitário de Araras Dr. Edmundo Ulson – UNAR, especialização em Docência de Sociologia no Ensino Médio (2012), pela Universidade de São Paulo – USP e mestrado profissional em Letras – PROFLETRAS (2018), pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP/Assis, na área de Linguagens e Letramentos. Atualmente é Professora Coordenadora do Núcleo Pedagógico (PCNP) da Diretoria de Ensino de Assis/SP, nas áreas de linguagens e humanidades dos anos iniciais, função associada à Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE/SP). Atua também como revisora de texto freelancer (português). Como pesquisadora, atua nas áreas de ensino de língua portuguesa, análise dialógica do discurso e poesia.

Luana

Luana Maria Gava

http://lattes.cnpq.br/8181892038974206

https://orcid.org/0000-0002-9616-2746

luanagava23@gmail.com

Graduada em Letras com habilitação Português/Inglês pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Campus Assis (FCL/UNESP Assis). Atualmente é mestranda no Programa de Linguística e Língua Portuguesa pela Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara (FCLAr/UNESP) e desenvolve pesquisa na área da Análise Dialógica do Discurso sob orientação da Profa. Dra. Luciane de Paula, intitulada “Mulher-Maravilha ao longo da história: ícone de empoderamento questionável”.

marcela

Marcela Barchi Paglione 

http://lattes.cnpq.br/5051191742826009

https://orcid.org/0000-0003-1843-5849

marcelapaglione@gmail.com

Doutora em Linguística e Língua Portuguesa pelo programa de pós-graduação da Unesp, campus de Araraquara, e integrante do Grupo de Estudos Discursivos, GED. É graduada em Letras, com ênfase em Português/Francês pela Unesp/Assis e esteve em programa de intercâmbio pela AREX na Université Charles de Gaulle Lille-3, em Lille-França, durante o segundo semestre de 2012. Durante a graduação, desenvolveu uma pesquisa de Iniciação Científica, com apoio da Fapesp, na área de Análise Dialógica do Discurso, tendo como objeto o seriado Sherlock (2010). Em sua pesquisa de Doutorado, também com auxílio da Fapesp, analisou a construção arquitetônica do gênero seriado, com ênfase na recepção social via fenômeno transmídia a partir das produções autorais dos fãs do seriado.

Nicole

Nicole Mioni Serni 

http://lattes.cnpq.br/3262057639955446

https://orcid.org/0000-0002-9176-836X

nicole_brass2@yahoo.com.br

Foi professora substituta do Departamento de Linguística da UNESP de Araraquara durante o segundo semestre de 2019. Possui doutorado em Linguística e Língua Portuguesa pelo Programa de Pós-Graduação da UNESP de Araraquara. Desenvolveu, sob a orientação de Luciane de Paula, a pesquisa: Canções cinematográficas: análise dialógica do filme musical Les Misérables com financiamento CNPq. Durante os meses de maio a agosto de 2017 efetuou estágio em Nova York (EUA) no Graduate Center da City University of New York, com bolsa Capes PDSE, sob a orientação de Peter Hitchcock. Concluiu o mestrado no Programa de Pós-Graduação em Linguística e Língua Portuguesa da UNESP Araraquara com financiamento CNPq. É graduada em Letras (Licenciatura Plena em Línguas Portuguesa, Alemã, Inglesa e respectivas Literaturas) pela UNESP de Assis e Araraquara. Desenvolveu, durante a graduação, sob orientação de Luciane de Paula, com financiamento FAPESP, um projeto de pesquisa (nível de Iniciação Científica) intitulado Moça com Brinco de Pérola: diálogos possíveis. Participa dos grupos de estudo SLOVO e GED e investiga o filme musical sob a ótica dos estudos do Círculo Bakhtin, Medveded, Volochinov.

Raquel

http://lattes.cnpq.br/7128386442833838

raquelzandonadi@yahoo.com.br

Graduada em Letras pela Faculdade de Ciências e Letras – Unesp/Assis, com formação em Língua e Literatura Portuguesa e Língua e Literatura Inglesa, e em Pedagogia pela Faculdade de Pinhais. Possui pós-graduação em Educação – pela USP. Atualmente é mestranda no programa de mestrado profissional – PROFLETRAS – pela UNESP – Assis/SP, sob a orientação da Dra. Luciane de Paula, desenvolvendo a pesquisa Fanfiction: as novas relações de leitura e escrita na era digital. É professora de Língua Portuguesa do ensino fundamental da rede pública de Praia Grande.

Schinaider

Schneider Pereira Caixeta 

http://lattes.cnpq.br/6928092686981352

https://orcid.org/0000-0003-4044-3220

spcaixeta@gmail.com

Doutorando em Linguística pela UNB. Mestre em Linguística e Língua Portuguesa pela UNESP-FCLAr. Graduado em Letras (Português/Inglês) pela UFG-CAC. Professor de Português e Inglês no Instituto Federal de Goiás – Campus Anápolis.